Fundada na década de 1970 pelo Pr. Carlos Fernandez, na cidade Lima, a igreja filiada aos Gideões Missionários da Última Hora tem abrangido os territórios estaduais e geográficos do Peru. Em viagem missionária, Pr. Cesino Bernardino e sua equipe visitaram as cidades de Lima, Valdivia, La huerta, Los Angeles, Trujillo, Chiclin e Cañete...

Fundada na década de 1970 pelo Pr. Carlos Fernandez, na cidade Lima, a igreja filiada aos Gideões Missionários da Última Hora tem abrangido os territórios estaduais e geográficos do Peru. Em viagem missionária, Pr. Cesino Bernardino e sua equipe visitaram as cidades de Lima, Valdivia, La huerta, Los Angeles, Trujillo, Chiclin e Cañete, além de povoados como Onze de Febrero. O trabalho evangelístico, hoje, na presidência de Carlos Obede, atual pastor presidente do ministério, levou Pr. Cesino as igrejas em que os Gideões Missionários têm ajudado a reconstruir após abalos sísmicos terem destruído edificações e igrejas em algumas cidades.

Nas igrejas por onde passava Pr. Cesino ministrava a benção sobre crianças, adolescentes, jovens e adultos. O povo peruano, cativantes pelo carinho que demonstram àqueles que muito os têm ajudado abraçavam, beijavam e queriam estar o mais perto possível dos integrantes de nossa equipe.

Quando saía de uma pequena igreja; onde o calor era intenso, uma jovem chamou atenção pelos pedidos que fizera ao Pr. Cesino. Dizia ela ser mãe solteira, e que necessitava de ajuda, mesmo sabendo que todos ali também precisavam.

Comovido pelo pedido, e tomado por profunda compaixão, “o pai das missões”, como muitos o chamam, ajudou financeiramente na compra do enxoval daquela jovem mãe. Em continuação a sua viagem, logo quando chegou à cidade de Valdivia, foram recebidos por algumas pessoas portando em suas mãos um cartaz com o seguinte dizer:

“Gracias pastor Cesino Bernardino e esposa, e a todos Los Gideones Missioneiros de La Última Hora, pela ayuda econômica y espiritual.”

Na cidade de Valdivia, onde o templo fora parcialmente destruído, assim como em La Huerta, pastor Cesino visitou a construção onde os Gideões Missionários da Última Hora, por intermédio de seus contribuintes, enviaram recursos para o início e término da obra. Logo após a saída de Valdivia seguiram para o Deserto de Ventanilla, uma região árida; totalmente desprovido de umidade, onde os Gideões possuem um trabalho evangelístico. Nas demais localidades onde pastor Cesino esteve com sua esposa Elba e Pr. Ivandro Morim puderam ver o andamento e desenvolvimento da obra missionária nesse país de diversidades culturais.

A garantia da continuação do Projeto Peru, que tem por lema: “Um projeto banhado em lágrimas”, está nas mãos de nossos colaboradores, pois se continuarem contribuindo, certamente continuaremos construindo, reconstruindo e abrindo igrejas nesta nação carente de Deus, e necessitada de ajuda humanitária.