A Índia é uma das nações de maior desafio para os desbravadores do evangelho. Conhecida como a “terra de muitos deuses” atualmente o país está em decorrentes transformações políticas e sociais. O movimento VHP (movimento nacionalista hindu extremista) ameaça a democracia indiana e coloca os governantes em estado de alerta, pois muitos temem o surgimento de uma ditadura hindu intolerante.

Mesmo sendo um país “democrático” em alguns estados, no final da década de 90 o VHP começou uma campanha de ódio contra os cristãos. Alguns governantes instituíram essa legislação como segmento determinante, sendo que os cristãos tiveram que seguir algumas restrições. Por ser uma religião estrangeira o cristianismo, ao longo dos anos, sofre com perseguições, onde alguns missionários morreram pela causa mais nobre da terra: a pregação do Evangelho.

Gideões Missionários, consciente desta situação, mantém financeiramente catorze missionários. Estes trabalham em lugares de constantes perseguições, tendo o cuidado de não serem identificados pelos grupos extremistas, que já ceifaram a vida de muitos enviados de instituições missionárias.