Missões na Ilha de Chiloé

Deus não se esqueceu das ilhas

Mitos, crenças e desafios. Missão nas Ilhas de Chiloé é um dos trabalhos desenvolvidos pelos Gideões em uma terra longínqua, no oceano Pacífico. Trata-se de um arquipélago com 72 ilhas e 150 mil habitantes. Nossos missionários evangelizam diuturnamente um povo de cultura milenar, descendentes dos primeiros habitantes do lugar: os índios mapuches.

Os Gideões Missionários da Última Hora começaram o trabalho ali através do pastor Juan Alonso Soto Nonque e sua esposa, missionária Telma. Quando chegaram, iniciaram um trabalho evangelístico e em pouco tempo obtiveram resultados satisfatórios.

Segundo pastor Juan, uma das maiores dificuldades na ilha são as condições climáticas, que mudam continuamente; no inverno a velocidade dos ventos chega de 75 a 80 quilômetros por hora, afetando-os fisicamente também em decorrência as baixas temperaturas. Segundo Juan, o povo da ilha é muito idólatra, e o envolvimento dos ilhéus com trabalhos de bruxaria é demasiado.

A ilha é repleta de mitos antigos, e ainda no século XXI alguns moradores creem em algumas lendas. Os mitos existentes na ilha continuam encantando a população de todo o país e viajantes estrangeiros que chegam ao arquipélago de 180 km de extensão. Muitos dos protagonistas mitológicos do lugar são provenientes dos mares, sendo que a ilha é também rodeada por canais e baías.

Ilha Chiloé

A Ilha Chiloé (em espanhol: Isla de Chiloé ou Isla Grande de Chiloé) é uma ilha do Oceano Pacífico, a quinta em tamanho da América do Sul ao largo da costa do Chile. Fica na Região de Los Lagos e é a maior do Arquipélago Chiloé. (Wikipédia)

Nosso trabalho na Ilha de Chiloé

Nossos missionários encontram-se em Ancud, uma das cidades mais importantes da região. Cerca de cem membros fazem parte de nossa igreja, sem contar os congregados. A cada dia o poder de Deus tem se manifestado, e isto tem ocorrido mediante terríveis lutas espirituais.

Em relatório, pastor Juan informa que alguns membros moram de 35 a 45 quilômetros da igreja, porém são membros assíduos do ministério. O trabalho é realizado com muito esforço e amor às almas, e faz parte de mais uma concreta realização dos Gideões Missionários. A cada dia tem tido continuidade e sustento financeiro, pois colaboradores do Brasil e do mundo enviam suas ofertas missionárias.

Em meio a essa mistura cultural e mitológica, o casal de missionários visita, faz cultos, batiza e evangeliza os moradores ilhéus. Quanto mais anunciarmos e apoiarmos o trabalho destes que se disponibilizam em pregar o evangelho nas ilhas, mais será derramado o poder de Deus na vida daqueles que conhecerem a Sua palavra.

Esta e outras ilhas estão sendo evangelizadas diariamente pelos missionários dos Gideões. A ordem imposta ao declarante do cristianismo é de que fosse até os confins da terra anunciar o evangelho. Se cada um de nós investir em missões, em pouco tempo as ilhas serão evangelizadas e a vinda do Senhor será abreviada.

Fotos do Campo Missionário